A contribuição da gestão em ergonomia para melhoria da qualidade de vida no ambiente de trabalho – Alicrim Saúde
A contribuição da gestão em ergonomia para melhoria da qualidade de vida no ambiente de trabalho

A contribuição da gestão em ergonomia para melhoria da qualidade de vida no ambiente de trabalho

COMO A GESTÃO EM ERGONOMIA PODE CONTRIBUIR PARA A QUALIDADE DE VIDA NO AMBIENTE CORPORATIVO

A qualidade de vida dos colaboradores em organizações é um tema importante a ser abordado e a ergonomia tem uma parte essencial neste assunto. É crucial considerar a busca pelo bem-estar e um ambiente saudável, que estão diretamente ligados à produtividade do colaborador. Nesse sentido, é importante pensar e agir de forma a alcançar resultados que beneficiem ambas as partes. 

A seguir, abordaremos alguns aspectos que merecem destaque e devem ser observados atentamente.

1 – Prevenção de lesões e doenças ocupacionais

Conceitualmente, a ergonomia é uma ciência que busca compreender a relação entre as pessoas, o maquinário e as condições de trabalho. Para reduzir o risco para os colaboradores, existem medidas que podem ser adotadas. A prevenção, nesse contexto, desempenha um papel crucial, e a gestão da ergonomia nas organizações contribui significativamente para evitar lesões e doenças ocupacionais.

Dentre as medidas que podem ser implementadas, destaca-se a adequação do mobiliário, das ferramentas e dos equipamentos ao corpo humano, o que ajuda a minimizar os riscos de Lesão por Esforço Repetitivo (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT). Além disso, a realização de pausas regulares é fundamental.

Os colaboradores também têm um papel importante nesse processo, ao corrigirem sua postura e ao garantirem que, ao sentar, mantenham os braços e as pernas em ângulos de 90º, além de fazerem uso correto dos equipamentos. Essas adaptações podem ser estendidas até mesmo para o home office.

2 – Aumento da produtividade e eficiência

Um ambiente de trabalho ergonomicamente correto pode aumentar significativamente a produtividade e eficiência dos trabalhadores. Ao reduzir desconfortos físicos e fadiga, os colaboradores podem manter um desempenho mais consistente e de alta qualidade.

Algumas medidas que podem ser tomadas nesse sentido, são:

– Design ergonômico de equipamentos e ferramentas;

– Otimização do fluxo de trabalho;

– Análise do impacto da ergonomia no tempo de execução das tarefas.

3 – Melhoria do bem-estar psicológico dos colaboradores

Uma gestão que pensa na ergonomia contribui para a melhoria do bem-estar psicológico dos colaboradores. Um ambiente de trabalho que prioriza a saúde física e mental dos colaboradores pode reduzir o estresse, aumentar a satisfação no trabalho, evitar e até mesmo reduzir o absenteísmo e rotatividade no ambiente corporativo.

4 – Conformidade com normas e regulamentações

A conformidade com normas e regulamentações ergonômicas é essencial para garantir a segurança e saúde dos trabalhadores. A gestão em ergonomia ajuda as empresas a se manterem em conformidade com as leis trabalhistas e normas de segurança, evitando penalidades e melhorando a imagem corporativa.

A principal delas é a NR 17 (Norma Regulamentadora), que consiste em um conjunto de diretrizes estabelecidas pelo Ministério do Trabalho, assegurando condições de trabalho que respeitem as características psicofisiológicas do trabalhador. A norma visa garantir ergonomia, organização das atividades e adequação dos equipamentos e mobiliários, sendo aplicada a diversos setores da indústria e do comércio.

Nossa equipe está
preparada para auxiliar
a sua empresa

O sucesso do seu projeto de saúde corporativa depende de ferramentas, mas acima de tudo, de profissionais aptos para realizar todas as fases do plano.
Conte com toda experiência de mais de uma década que só a Alicrim pode oferecer!

    © 2024 Alicrim Saúde - Todos os direitos reservados.